Como um casal de fotógrafos conseguiu dar entrada em seu carro depois de seis meses no Fotop

Para Taluana, ter o próprio carro sempre foi um sonho. Ela não tinha nenhuma experiência com fotografia mas seu namorado, Felipe, é filho de fotógrafos. Foi ele quem deu as primeiras dicas sobre o assunto, para que poupassem o suficiente para dar entrada no carro.

O casal está junto há quatro anos. No meio do último, Felipe conta que decidiram buscar uma fonte extra de renda.

“Eu não estava afim de esperar um aumento na empresa. Empresas são morosas e burocráticas para isso, e nós queríamos saber o que podíamos fazer para conseguir um dinheiro mais rápido."

A ideia de começar veio da paixão que dividem pelo surf. Os dois foram à praia num dia de campeonato, com uma câmera emprestada da irmã de Talu em mãos, e fotografaram os atletas. Mas vender as fotos na praia não era tão fácil quanto imaginavam.

Foi procurando por uma nuvem para armazená-las que Talu encontrou o site do Fotop no Google.

“Testamos outras empresas também, mas elas não tinham uma plataforma tão intuitiva e fácil de trabalhar.”

No site, descobriram que poderiam participar de eventos de outras modalidades, oferecidos pela própria plataforma.

A primeira corrida que fotografaram aconteceu a um quilômetro e meio da casa onde moram. Foram a pé e com equipamento emprestado, mas não conseguiram o resultado desejado. Continuaram insistindo.

WhatsApp-Image-2020-03-06-at-3.14.48-PM

Decidiram fazer a segunda tentativa na cidade de Itu. Quando chegaram, descobriram que ali aconteceria também uma prova do GP Ravelli, circuito de corridas de mountain bike. Nesse esporte, o casal encontrou seu nicho de trabalho.

Mais tarde, mesmo com problemas no caminho, fecharam parceria com a organização do GP. Depois dessa, hoje a maior do casal, conseguiram outras. Eles decidiram, então, guardar tudo o que ganhavam para comprar o carro. Seis meses depois da primeira corrida frustrada, Talu e Felipe tinham o suficiente para a entrada de seu 4x4. Hoje, o lucro gerado na plataforma é usado para pagar as próximas parcelas.

WhatsApp-Image-2020-03-06-at-3.14.48-PM--2--1

O carro leva o casal tanto para as provas quanto para as viagens que gostam de fazer juntos. Talu não tinha experiência com fotografia, mas aprendeu com facilidade.

"O mais importante é ter uma boa visão, usar o enquadramento correto e buscar a melhor posição."

Para quem está começando, Felipe diz que o principal é ter o olhar do fotografado e saber bem o que se está fotografando.

Quer ter uma história como a do Felipe e da Taluana? Fotografe um evento com o Fotop!

Por Mariah Lollato

Fotop

Fotop

Plataforma que ajuda o fotógrafo a vender suas fotos, possibilitando que ele viva de seus clicks.

Read More