Tem como correr de casa? Corridas virtuais trazem motivação para não ficar parado.

Imagina só: deixar a obesidade, abandonar velhos hábitos e se tornar o maior atleta de sua cidade. Pensa em como seria bom: sair de uma lesão, com o desânimo batendo à porta, e encontrar o evento que te permite abraçar novamente o esporte. Pois é, essas são algumas histórias que o Guilherme Celso, diretor da Chelso Sports, contou para a gente sobre corrida de rua.

Para ele, a palavra do momento é “motivação”. Como encontrá-la quando todas as circunstâncias o levam a não sair do sofá, e gastar o tempo que te resta com trabalho e televisão? Uma das respostas é a corrida virtual. Por isso, o diretor da Chelso explicou como a modalidade acontece.

Corrida virtual: como funciona?

As corridas virtuais são feitas de casa. Tudo começa com uma inscrição, que dá direito ao kit. Depois, é preciso correr e validar o desafio por meio de um aplicativo, como Strava, Garmin ou Nike Run, onde o tempo do atleta é cadastrado. A conferência é feita manualmente, por uma pessoa contratada pela Chelso. “Abrimos um por um, com cuidado e concentração, para garantir que todos de fato corram”, Guilherme contou.

As categorias variam, e podem ir de 3km à distância de uma maratona inteira. Também existem provas maiores, as quais o atleta pode cumprir por etapas. No caso das corridas virtuais, o kit só é enviado depois do cumprimento do desafio. “É uma forma de incentivar o atleta a de fato competir”, Guilherme explicou. Além disso, um diferencial desta modalidade é que as provas ficam abertas até o final do ano, para que o corredor realize-as quando puder.

corrida-fotop-chelso---kit Kit disponibilizado pela Chelso, na corrida virtual em parceria com o Fotop

Futuro das corridas virtuais

“Acredito que as corridas virtuais continuem mesmo com a liberação das provas presenciais”, disse Guilherme. A dinâmica das provas virtuais está dando certo. O time de marketing da Chelso também está adorando planejá-las, porque não é uma coisa que tem o hábito de fazer. Mas o principal é a possibilidade de que diversas pessoas, do Brasil todo, participem.

É o caso de um grupo de atletas de Manaus, que se apaixonou pela modalidade. O valor da prova gira em torno dos 60 reais, e o frete para a capital do Amazonas passa dos 70. Mas o kit é enviado gratuitamente para todo o Brasil, e isso permite que muitas pessoas se inscrevam. O grupo já faz provas duas vezes ao mês!

As corridas virtuais são um ótimo incentivo para quem busca motivação, e não parecem estar perto de acabar com a volta dos eventos presenciais. Mas Guilherme não deixa de dizer: “Não vemos a hora de voltar com as provas ao vivo. É uma experiência legal, mas queremos retornar — com segurança — a planejar as provas presenciais”.

Ficou com vontade de correr virtualmente? O Fotop lançou uma corrida em parceria com a Chelso, e você pode fazer as inscrições aqui!

Fotop

Fotop

Plataforma que ajuda o fotógrafo a vender suas fotos, possibilitando que ele viva de seus clicks.

Read More