/ Fotógrafos

Composição - Por que as linhas paralelas convergem?

As linhas paralelas em uma fotografia podem ser projetadas como paralelas propriamente ou como linhas convergentes em uma fotografia bidimensional. Como linhas convergentes são consideradas uma distorção da realidade, mas podem ser úteis para dar a ilusão de profundidade. É sua escolha como fotógrafo representar essas linhas paralelas ou não. Vamos ver como controlá-las.

Como influenciar as linhas a serem paralelas ou convergentes?
A convergência de linhas paralelas depende apenas da orientação da câmera. Ao contrário da crença popular, não depende de forma alguma da distância focal ou da distância do objeto. Uma lente grande angular não acentua a convergência, na verdade ajuda a manter as linhas paralelas.

As fotos abaixo são todas tiradas com uma distância focal de 10mm na mesma distância do prédio. A única mudança é a orientação da câmera, que faz com que as linhas sejam paralelas, ligeiramente convergentes ou fortemente convergentes. Quando o sensor da câmera está paralelo às linhas, elas são projetadas paralelamente.
16

Ainda não está convencido?

As próximas fotos devem convencê-lo de que o comprimento focal não tem influência alguma. A primeira fotografia é tirada com uma distância focal de 10 mm, a segunda na mesma condição com uma distância focal de 20 mm. Em ambas as fotos, as linhas convergem com o mesmo ângulo.

No terceiro exemplo temos a foto tirada a 20mm e por cima foi colocada a foto tirada a 10mm, elas se sobrepõem perfeitamente. Isso mostra claramente que uma distância focal diferente não altera o ângulo das linhas. De um modo geral, a distância focal não influencia a perspectiva.

17

Para ver toda a torre em linha reta, não há outra escolha a não ser ir o mais longe necessário, até que toda a torre caiba no quadro quando a câmera é mantida na horizontal. Quanto mais longa for sua distância focal, mais longe você terá que ir, portanto, uma lente grande angular é uma vantagem nessa situação.

18

Considerações ao usar linhas convergentes
Até agora olhamos apenas para linhas verticais, mas o princípio se aplica a linhas de qualquer direção, quando seu sensor está paralelo às linhas, elas parecem paralelas na imagem.

Quando as linhas convergem, elas convergem para o chamado “ponto de fuga”. Como a orientação da câmera controla a convergência das linhas, ela também controla a posição do ponto de fuga. Além disso, o uso de uma lente grande angular torna mais fácil encaixar o ponto de fuga dentro do quadro, o que pode criar mais impacto em sua imagem.

Consideração ao usar linhas paralelas
A solução profissional para manter linhas paralelas é usar uma lente que pode subir /deslocar em um plano paralelo ao sensor. É comumente usado em fotografia de arquitetura, mas é muito caro para a maioria dos fotógrafos. A imagem abaixo descreve como uma objetiva de deslocamento funciona em comparação com uma lente comum.

19

Existem também diversos softwares de pós-processamento que podem corrigir a perspectiva. Esteja ciente de que tal correção corta a composição, quanto mais forte a correção, maior é o corte. É visível no exemplo abaixo. Além disso, a correção de perspectiva alonga algumas partes da imagem (o topo da torre no exemplo abaixo), o que causa perda de definição ou de detalhes nos pixels alongados. Mais uma vez, quanto mais forte for a correção, maior será a perda de definição, mas isso geralmente só é visível inspecionando os pixels de perto.

20

Você é um fotógrafo? Venha se juntar à maior rede de profissionais da imagem do Brasil e ainda conquistar novos trabalhos na área, bem perto de você. Clique aqui e visite o nosso site Fotop, aproveite para fazer o seu cadastro agora mesmo.

Felipe Gomez
Gestor de Qualidade FOTOP

Fotop

Fotop

Plataforma que ajuda o fotógrafo a vender suas fotos, possibilitando que ele viva de seus clicks.

Read More