/ Fotógrafos

O que você precisa saber sobre iluminação natural

Iniciamos esse texto abordando como aproveitar ao máximo o que sua câmera e lente têm a oferecer por conta própria, antes de mergulhar nos benefícios dos equipamentos de iluminação

Com câmeras digitais e softwares de edição em constante atualização, os fotógrafos podem, muitas vezes, “se safar” com muito mais recursos hoje do que no passado.

Sensores melhores, faixas ISO flexíveis, processamento de imagem bruta e tecnologias de lente cada vez mais avançadas contribuíram para uma margem de erro mais indulgente dos fotógrafos - ou, para colocar de forma mais otimista - maiores possibilidades criativas.

Para o fotógrafo de retratos, isso significa que não é preciso investir em equipamentos de estúdio para criar fotos atraentes de seus modelos. Alguns dirão que sempre foi assim, mas certamente é mais verdadeiro hoje do que no passado.

Essas atualizações feitas nas câmeras mais recentes podem levar o iniciante a se perguntar se as ferramentas de iluminação são necessárias. Felizes com os resultados que alcançaram usando luz natural, os novos fotógrafos podem ter receio de introduzir equipamentos desconhecidos em seu fluxo de trabalho.

Por isso, iniciamos esse texto abordando como aproveitar ao máximo o que sua câmera e lente têm a oferecer por conta própria, antes de mergulhar nos benefícios dos equipamentos de iluminação.

Escolha as lentes certas

Não deve ser surpresa saber que a qualidade de suas fotografias depende em grande parte da qualidade das lentes que você usa. Quanto mais rápida sua lente, mais claras serão as imagens e mais flexibilidade você terá ao trabalhar em condições de iluminação abaixo das ideais. Quando você ouve alguém se referir a uma lente como “rápida”, eles não estão (geralmente) falando sobre autofoco ou outras velocidades mecânicas; trata-se da abertura máxima da lente.

As lentes rápidas abrem amplamente, permitem a entrada de mais luz e permitem que você fotografe em velocidades mais altas do obturador. As lentes “lentas” têm aberturas máximas menores, permitem a entrada de menos luz e exigem que você compense com velocidades mais baixas do obturador. Outra razão pela qual as lentes rápidas atraem fotógrafos de retratos é porque elas podem criar imagens com profundidade de campo muito rasa.

Fotografe sempre em Raw

Se você está interessado em fotografar retratos usando apenas a luz disponível, é melhor criar arquivos raw. Esteja você usando Adobe Photoshop, Adobe Lightroom ou outro software, trabalhar a partir de arquivos raw expande muito suas possibilidades de edição.

Se você estiver fotografando em JPEG e errar na sua exposição ou balanço de branco, poderá recuperar sua imagem, mas muitas vezes pode ser um processo árduo. A captura bruta preserva todos os dados de sua exposição, permitindo que você faça mudanças drásticas em um arquivo sem necessariamente perder detalhes ou introduzir ruído.
Há sempre uma maneira de resolver

Embora seja possível criar belos retratos usando apenas luz natural, você deve estar preparado para modificá-la ou complementá-la quando necessário. Por exemplo, você pode se encontrar em um cenário em que deseja uma distribuição de luz mais uniforme sobre o assunto. Infelizmente, há apenas um sol em nosso sistema solar, então sua luz deve necessariamente vir de uma única direção. Não se preocupe, existe uma solução barata e eficaz para este dilema: refletores.

Para finalizar nossa conversa

Depois de ter uma fonte de luz independente do sol, você não precisa se preocupar com a luz natural, se não quiser. Seja trabalhando com flashes ou com as luzes contínuas na câmera, é muito mais fácil gerenciar onde e como a luz aparecerá em seus retratos. E você, incorpora luz natural em seus retratos? Compartilhe alguns de seus conselhos nos comentários abaixo!

É fotógrafo? Já pensou em se juntar à maior rede de profissionais da imagem do país e ainda trabalhar cada vez mais com o que ama? Então cadastre-se agora mesmo aqui.

Fotop

Fotop

Plataforma que ajuda o fotógrafo a vender suas fotos, possibilitando que ele viva de seus clicks.

Read More