/ Fotógrafos

Perspectivas e retomada do mercado fotográfico

Após um ano de 2020 turbulento, especialmente por conta da pandemia, o futuro é promissor e de retomado para o setor fotográfico

Se há um setor e categoria que estão em constante transformação é a fotografia e o mercado fotográfico. Mas, assim como em outras áreas, o ano de 2020 foi atingido por uma crise sem precedentes. A pandemia da COVID-19 afetou eventos esportivos, culturais, turismo e outros segmentos que estão diretamente ligados com fotógrafos.

Mas, se o ano passado e começo deste ano são esquecíveis, o futuro começa a apresentar sinais interessantes e, principalmente, positivos. Talvez o fator mais determinante para esta retomada é o início da vacinação de vários públicos e, além disso, os principais pontos são:

· Fotógrafos estão remarcando compromissos cancelados em 2020;
· Casais que pretendiam se casar no ano passado estão mais confiantes e confortáveis em retomar seus planos de casamento, especialmente para o segundo semestre de 2021 e começo de 2022;
· Com a retomada dos casamentos, há a possibilidade de corrida por reservas de casamentos e eventos, causando uma ampla procura por fotógrafos desses eventos;
· O mesmo cenário se repete para escolas e universidades que realizam cerimônias de formatura e bailes de debutante.

Claro que tudo faz parte de uma perspectiva, mas é claro o otimismo entre empresários do segmento, fotógrafos e empresas que formam o universo do mercado fotográfico funcionando.

Adaptação é a chave

De qualquer forma, o que temos visto foi um esforço muito grande por parte de fotógrafos em se adaptar à nova realidade de trabalho durante a pandemia. A crise ajudou no estímulo por novas mudanças na área, e a própria reflexão de algo precisaria mudar.

Um exemplo disso foi a criação de guia de conduta fotográfica durante a pandemia, criado pela Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascido. Esse movimento mostra que, cada vez mais, o setor está aprendendo a conviver e trabalhar respeitando todas as normas sanitárias.

Somado a isso, um estudo feito pelo Anuário de Fotografia mostrou que 70% dos fotógrafos têm website, mostrando essa preocupação (cada vez mais fundamental) dos profissionais se tornaram visíveis no mundo digital, aumentando suas possibilidades de trabalho.

Isso só reforça o que já dissemos antes, o setor está cada vez mais otimista e preparado para os desafios do futuro.

Vale ressaltar que um dos poucos setores que cresceu no último ano foi o imobiliário. E nós temos oportunidades para você nesta área: trabalhe com fotografia imobiliária e não se preocupe com captação de clientes.

Quer investir na sua carreira e ingressar de vez na fotografia, não deixe de se juntar ao Fotop. Tenha o apoio que você precisa para conquistar novos trabalhos e crescer cada vez mais na profissão. Clique aqui e saiba mais!

Fotop

Fotop

Plataforma que ajuda o fotógrafo a vender suas fotos, possibilitando que ele viva de seus clicks.

Read More