/ Empresa B2B

Compras "às cegas" são o futuro do mercado imobiliário?

Cada vez mais pessoas têm alugado ou comprado casas sem a visita presencial. Tendência é que modalidade continue após a pandemia

Durante a pandemia COVID-19, a maioria das indústrias não foi capaz de escapar da necessidade urgente de adaptar os serviços para um mundo cada vez mais online. E o setor imobiliário, que tradicionalmente conduzia negócios pessoalmente, certamente precisou passar por adaptações.

O setor presenciou deixar a maioria dos processos de aluguel e venda em espera, transferi-los para o online ou realizar medidas de segurança rígidas. Mas, apesar dos bloqueios e restrições sanitárias, muitas pessoas ainda precisam vender suas casas.

A indústria tem visto um aumento incrível de visualizações virtuais, o que levou ao crescimento da compra ou aluguel sem visualização da propriedade, ou uma compra "as cegas".

Relutância Reservada

Comprar ou alugar algo "ser ver" tem sido historicamente considerado historicamente um negócio arriscado. A indústria tem relutado em mudar as transações online porque muitos processos exigem interações pessoais para garantir uma venda ou aluguel.
Antes da internet, Zoom, Facetime e tours virtuais, a compra ou aluguel "à distância" era feita por meio de fotos do imóvel ou tendo um agente representando o cliente para visualizar os imóveis em seu nome.

A tecnologia diminuiu a hesitação dos compradores, refletida pela geração millenium que cresceu com a internet. De acordo com uma pesquisa conduzida pela corretora de imóveis Redfin, os compradores de casas da geração Y têm mais probabilidade de comprar uma casa que não pode ser vista em comparação com os compradores mais antigos.

Riscos + Benefícios

Um dos principais riscos para comprar um imóvel sem vê-lo é encontrar problemas que não são evidentes em fotos ou passeios virtuais - como pragas, ruídos de trânsito ou problemas de infraestrutura - que podem resultar em ações judiciais pós-compra.

As visitas virtuais garantem ofertas mais elevadas e ajudam a vender casas com muito mais rapidez. Eles dão aos corretores a oportunidade de atingir um público mais amplo, tornando visitas virtuais disponíveis 24 horas por dia para clientes em potencial, e podem viver em qualquer lugar do mundo. As pessoas podem procurar por residências com segurança no conforto de suas próprias casas, limitando o contato e minimizando os riscos no contexto atual de pandemia.

Além disso, mais clientes em potencial podem percorrer a casa para ver se ela é adequada antes de solicitar uma visita pessoal, o que libera o corretor para mostrá-la apenas para compradores realmente interessados.

O vendedor aprecia menos tráfego em sua casa, especialmente agora com restrições de distanciamento social. E, há também um grande benefício ambiental devido à redução significativa nos quilômetros percorridos por parte do corretor e dos interessados, diminuindo a quantidade de combustível queimado e as emissões de carbono liberadas.

Você sabia que pode contar com o Fotop para mostrar o melhor de uma propriedade?

Quer oferecer soluções de qualidade para que seus clientes possam conhecer melhor os imóveis que você oferece? Então conte com os serviços do Fotop, como produção de tours virtuais e fotos profissionais. Clique aqui e conheça as soluções que mais fazem o seu imóvel se destacar no mercado.

Fotop

Fotop

Plataforma que ajuda o fotógrafo a vender suas fotos, possibilitando que ele viva de seus clicks.

Read More